Cozinheira denuncia motorista de Uber por furto de feijoada

A mulher mandou o motorista fazer entrega de três marmitas no Jardim Tarraf, mas a comida desapareceu no trajeto

Segundo o boletim de ocorrência, a cozinheira, que mora no bairro Eldorado, zona Norte de Rio Preto, trabalha com comercialização de pratos prontos. No domingo, ela recebeu o pedido de um cliente que solicitou a entrega de três marmitas de feijoada.

Com o celular, a cozinheira solicitou um motorista de Uber e pediu para ele entregar as encomendas na casa do cliente. Anexo as marmitas estava o endereço da entrega.

Passados 40 minutos, a cozinheiro recebeu uma ligação do cliente reclamando do longo tempo de espera da entrega da feijoada. A mulher explicou que já tinha enviado, mas iria verificar a motivo de tanta demora.

Pelo aplicativo do Uber, a cozinheira descobriu o telefone do motorista do Uber, mas isto não adiantou, porque ele não atendeu nenhuma das ligações.

Como o aplicativo dá informação em tempo real da localização do Uber, a cozinheira pegou seu próprio carro e seguiu o mapa que a levou até uma rua do Eldorado. Não encontrou o motorista do Uber, mas a embalagem vazia de um das marmitas.

Sem ter muito o que fazer, a cozinheira foi até a Central de Flagrantes para denunciar o motorista do Uber. Outra reclamação foi feita a Uber, que poderá punir o motorista com descredenciamento do aplicativo.

Para não deixar o cliente com fome, a cozinheira fez sozinha a entrega da feijoada e agora torce para que o motorista que não cumpriu o combinado, seja punido. A Uber informou que vai apurar o caso.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios