Home / A Voz do Taxista / Rodízio de carros e Zona Azul estarão suspensos em SP nesta quarta-feira

Rodízio de carros e Zona Azul estarão suspensos em SP nesta quarta-feira

Prefeitura diz que decisão é em função de possibilidade de greve de transporte público. Decisão da Justiça proíbe paralisação de serviços de ônibus e metrô sob pena de multa.

A Prefeitura de São Paulo suspendeu o rodízio municipal de veículos e a cobrança de estacionamento em vagas de Zona Azul nesta quarta-feira (15), durante todo o dia, em razão da possibilidade de paralisação no transporte público (ônibus e metrô). A suspensão do rodízio valerá apenas para os carros. As restrições de circulação para caminhões seguem valendo normalmente.

Os corredores de ônibus estão liberados para o tráfego de táxis, com ou sem passageiros, e ônibus fretados. Durante toda a manhã, até 12h, carros poderão circular nas faixas exclusivas para ônibus.

O Sindicato dos Metroviários de São Paulo realizou na semana passada uma assembleia que definiu a paralisação. Nesta terça-feira (14), eles mantiveram a decisão e definiram o tempo da paralisação: 24 horas. Apenas a Linha 4-Amarela irá funcionar normalmente. A Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) informou que não irá parar suas atividades.

O Sindicato dos Motoristas e Trabalhadores Rodoviários Urbanos de São Paulo definiu em assembleia paralisação das 0h às 8h. Professores das redes municipal e estadual também definiram em assembleia por greve nesta quarta-feira.

O Tribunal Regional do Trabalho da 2ª Região concedeu duas liminares proibindo a paralisação nos serviços de metrô e ônibus sob pena de multa. A Justiça determinou que o Sindicato de Metroviários de São Paulo mantenha atendimento integral nos horários de pico das 6h às 9h e das 16h às 19h, e 70% nos demais horários. Em caso de descumprimento a multa é de R$ 100 mil por dia.

Outra decisão da Justiça determina que o Sindicato dos Motoristas e Trabalhadores Rodoviários Urbanos de São Paulo deve se abster de qualquer paralisação, sob pena de multa de R$ 300 mil, seguindo pedido da SP Trans. O sistema de ônibus reúne 3 milhões de usuários por dia na capital.

Fonte: G1

Sobre Carlos Laia

Comandada por Carlos Laia , A Voz Do Taxista tem por objetivo levar a categoria dos taxistas informação, levantar o debate dos assuntos importantes para o desenvolvimento profissional de toda categoria.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *