Home / UBER-Transporte Clandestino / Uber passa a cobrar corrida antes da viagem começar; veja o que muda

Uber passa a cobrar corrida antes da viagem começar; veja o que muda

O Uber mudou a forma de cobrar os usuários que buscam um motorista particular. Parte dos clientes passou a receber uma cobrança no momento em que pedem um veículo, num comportamento que lembra o de alguns hotéis no exterior: uma espécie de autorização é enviada ao detentor do cartão de crédito, como forma de confirmar que ele tem condições de arcar com aquele custo.

O TechTudo fez um teste e comprovou que, numa corrida pedida com o Uber na modalidade Black no Rio de Janeiro, o valor de R$ 27,15 foi cobrado assim que o pedido foi feito. Normalmente a plataforma esperaria o passageiro chegar ao destino para efetuar a cobrança final.

A jornalista Carolina Morand chamou o Uber e, em seguida, recebeu um aviso de “compra efetuada” no valor de R$ 10. O alerta chegou por meio de um SMS enviado pelo cartão de crédito. Ao fim do passeio, um segundo aviso de cobrança no valor de R$ 12 foi enviado. “Na verdade, a primeira cobrança foi estornada, mas até confirmar o estorno na fatura do meu cartão, fiquei insegura. Uso Uber há muito tempo e isso não acontecia antes”, conta a moradora da capital fluminense.

Nós entramos em contato com a plataforma, que explicou que a “pré-autorização” traz mais segurança para os usuários, embora não tenha explicado por qual motivo é mais seguro pagar a corrida antes de embarcar.

De acordo com o Uber, o valor cobrado na “pré-autorização” é aquele que o próprio app estimou para a corrida solicitada pelo internauta, levando em consideração o tempo de viagem e o trânsito. Se uma ida ao aeroporto tem previsão de custar R$ 50, este será o valor que o Uber pedirá ao cartão de crédito.

A plataforma também esclareceu o que acontece se o valor final for diferente do estimado no momento de pedir o carro. Numa viagem estimada em R$ 50, esta será a primeira quantia debitada do cartão de crédito. Caso o valor final fique em R$ 52, será feita uma nova cobrança de mais R$ 2.

Caso o valor final seja de R$ 45, será feito um estorno. A plataforma não soube explicar se a devolução seria do montante integral de R$ 50, com a subsequente cobrança de R$ 45, ou se estornaria a diferença de R$ 5.

O Uber prometeu ainda que a “pré-autorização” será estornada caso o usuário cancele a corrida. Um representante do aplicativo informou que a novidade não foi liberada para todos os usuários e que não é possível dizer em quais cidades ela foi adotada. A empresa também não soube estimar quando toda a base de clientes passará a receber a cobrança antecipada.

Fonte: http://www.techtudo.com.br/noticias/noticia/2017/01/uber-passa-cobrar-corrida-antes-da-viagem-comecar-veja-o-que-muda.html

 

Sobre Carlos Laia

Comandada por Carlos Laia , A Voz Do Taxista tem por objetivo levar a categoria dos taxistas informação, levantar o debate dos assuntos importantes para o desenvolvimento profissional de toda categoria.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *